O que avaliar na hora de começar uma campanha de mídia online?

O que avaliar na hora de começar uma campanha de mídia online?

Não importa quão boa é a ideia da campanha, se o plano de mídia não for bem feito e executado, dificilmente funcionará no ambiente online. Mais do que aparecer em todas as plataformas, a chave do sucesso está no planejamento estratégico. 

Antes de iniciar o projeto, o radar já precisa estar ligado para responder algumas questões:

Qual é o seu mercado?

Icons made by iconixar from www.flaticon.com

Entender perfeitamente a sua posição perante seus concorrentes e toda a amplitude de atuação da sua empresa é o primeiro passo para qualquer boa tomada de decisão, inclusive ao falarmos de mídia online. 

Com uma boa análise de benchmarking e a visão mais clara do que já é, ou poderia/deveria ser feito, fica muito mais fácil se concentrar nos principais personagens desta história: os clientes em potencial.

E o seu público?

Icons made by Freepik from www.flaticon.com

Pode parecer óbvio, mas o número de pessoas que chega até a gente pedindo uma campanha e um plano de marketing sem saber exatamente para quem eles querem vender seu produto ou serviço, é muito maior do que você imagina.

Essa é outra premissa básica. Investir um bom tempo desenvolvendo as personas do seu público, entendendo seus hábitos de consumo e onde elas normalmente se encontram no mundo digital, evita desperdícios, aumenta as chances de conversão das peças publicitárias e ajuda bastante a orientar todos os passos seguintes do plano de mídia. Quer um exemplo? Os canais onde sua mensagem chegará para seus futuros clientes.

Acha difícil, ou não tem tempo para fazer essa análise de público e definição de personas? Traga seu projeto, que faremos isso para você na faixa!

Por onde irá abordá-lo?

Icons made by Freepik from www.flaticon.com

Atirar pra todo lado normalmente não é uma decisão sábia, principalmente quando temos uma verba mais restrita como em 99% das vezes (ah esse 1% 🤤💭). 

Agora que você conhece muito bem seu público e sabe quais as redes e sites eles mais consomem, dá para ser bem certeiro no uso do seu suado dinheiro. Vamos nos concentrar no YouTube, dividir entre Instagram e Facebook, ou investir em posts patrocinados em blogs especializados? Além da presença do público, as respostas também dependerão dos seus objetivos.

Onde quer chegar?

Icons made by Freepik from www.flaticon.com

Sem metas bem definidas é impossível mensurar os resultados. Tenha metas de curto, médio e longo prazo para cada canal de comunicação. Isso dá uma ampla visão de todo o cenário e ajuda inclusive em campanhas futuras. 

Seguindo o mesmo raciocínio, se você já tiver algum histórico de campanhas, analisá-lo pode ser um ótimo ponto de partida e, mesmo que os públicos e objetivos sejam diferentes, é uma boa fonte de insights para o novo plano de mídia. 

Qual a sua posição?

Icons made by Freepik from www.flaticon.com

Posicionamento normalmente não é o foco do plano de mídia. Apesar de ser uma preocupação maior para a equipe de criação da campanha, que busca traduzir de forma clara e atraente a mensagem a ser passada, se atentar para isso pode ser um diferencial. 

Ter essa visão estratégica em mente é uma outra boa fonte de insights na hora de direcionar a verba e a frequência de exposição para cada canal. Se não é o principal, é no mínimo um refinamento bem-vindo.

Não espere a campanha acabar

Icons made by Freepik from www.flaticon.com

Um erro muito comum é esperar para mensurar os resultados da campanha só quando ela chega ao fim. Isso impossibilita ajustes importantes para o sucesso geral. 

Como estamos falando do ambiente dinâmico que é o digital, o ideal é medir os resultados com frequência até diária se possível. Se não acompanharmos de perto as variações de cada canal, as chances de estar  jogando dinheiro fora são enormes.

Em busca de soluções.

Next Article

Em busca de soluções.

No Comments

Cancel